Como aparecer na primeira página do Google sem pagar?

O Google detém cerca de 95% das buscas na internet, é fundamental para a sua empresa potencializar os resultados estando bem ranqueada.

 

É um processo que envolve várias áreas do conhecimento, mas é possível você aparecer na primeira página do Google, e melhor, estar entre os 5 primeiros colocados.

 

Algumas pesquisas dizem que aproximadamente 94% das pessoas não passam da primeira página do Google quando estão fazendo uma busca. Se o seu site está na primeira página, já é um motivo para comemorar, mas, se a sua empresa aparece na primeira página e não nas primeiras colocações, segue outra constatação: “Mais 65% de todos os cliques da busca vão para os primeiros três resultados”.

 

ranking SERP

 

Existem diversos fatores que contribuem para o ranqueamento do seu site no Google. Não existe mágica ou milagre, existe uma série de técnicas e estratégias, além de muito trabalho para você conseguir um ótimo ranqueamento nos buscadores. Nós compilamos alguns aspectos que podem ajudar o seu site a ter ótimos resultados.

 

Um site bem construído

 

Se você acredita que basta ter um site que você irá aparecer na primeira página do Google, você deve rever a sua forma de pensar, todas as empresas desejam estas concorridas posições, pois elas geram ótimo resultados para a empresa, seja em visualização do seu site, contatos e venda. Um site é um sistema complexo e o processo de ranqueamento mais ainda.
É fundamental que o seu site seja bem planejado e construído, ele deve ser fácil de utilizar nos computadores e principalmente em dispositivos móveis (UX Design / Usuabilidade).

94% dos usuários de smartphones procuram por informações em seus aparelhos e 80% dos brasileiros usam seus dispositivos para saber mais sobre algum produto ou serviço que querem comprar, segundo recentes pesquisas do Google. Então se o seu site não é mobile friendly, é melhor se apressar.

 

80% brasileiros usam mobile para pesquisas

 

Porém, não basta ter um site responsivo (adaptado para dispositivos móveis) ou cheio de conteúdos, se a construção não for adequada aos algoritmos dos buscadores. Seu site deve dizer aos buscadores onde estão as informações que as pessoas procuram. Exemplo: Isso é um título, isso é um texto longo, isso é uma imagem (e ela está em tal lugar).
Construir um HTML bem estruturado e uma hierarquia de títulos correta (headings) é essencial para o início de um processo de ranqueamento eficaz.

 

Palavras-chave

 

De qual forma você pesquisa nos buscadores? Esse é um bom ponto de partida para definir as suas principais palavras-chave.
Por exemplo: você está procurando uma cama box. De que forma você irá procurar nos buscadores? Cama, cama box, cama box de casal, cama de solteiro box… E por aí vai.

No caso de um site que venda camas, ele deve se preocupar com várias sequências de palavras que tenha a probabilidade de seu futuro cliente utilizar, isso são palavras-chave. Pode ser uma palavra chave normal, com apenas uma palavra ou palavras-chave de “cauda longa” que utilizam a sequência de duas ou mais palavras.

Quanto mais páginas com palavras-chave sobre o universo do seu produto ou serviço você tiver, maiores são as chances de conquistar usuários, e se o usuário que procurou a sua palavra chave acessar o seu site, a sua relevância aumenta para os buscadores.

 

Conteúdo relevante e com personalidade

 

Existe uma gigantesca quantidade de artigos, infográficos, tutoriais e webinars na rede, que agregam pouco para o usuário que está procurando consumir este conteúdo. Você deve criar um conteúdo direcionado para o público que você deseja atingir (Persona), imaginar o que esse público quer ler, sobre quais assuntos ele tem dúvida e é claro, tudo isso deve estar relacionado com o seu produto ou serviço. Gerando essa relevância, irá despertar interesse e tem muito mais chances do seu conteúdo ser propagado nas redes sociais, consequentemente mais acesso para o seu site e pontos para o seu conteúdo nos buscadores.

 

Só isso?

Agora eu tenho um site bem construído, adaptado aos dispositivos móveis, com as palavras-chave adequadas para o meu produto ou serviço e conteúdos super relevantes para o público que eu desejo atingir. Vou estar na primeira página?
Não, o conteúdo do seu blog deve ter também uma hierarquia de títulos, uma estratégia de palavras-chave, deve ter uma periodicidade e ainda ser relevante. Depois de tudo isso você precisa propagar esse conteúdo, porque algo que ninguém sabe onde está, ninguém encontra.

Utilize suas redes sociais, e-mail marketing e todas as formas de divulgação para engajar mais pessoas a consumirem o seu conteúdo, o processo para melhorar o ranqueamento de um website é de médio a longo prazo, mas traz ótimos resultados se forem feitos com estratégia, conhecimento técnico e criatividade.
Lembre-se que você terá sempre uma concorrência querendo roubar a sua posição, por isso é fundamental trabalhar com profissionais adequados.

Fontes:

smartinsights  |  thinkwithgoogle

Acompanhe as novidades